Sabia que a bailarina caminha diferente?

0
Muitas vezes, quando encontramos uma bailarina em algum lugar reconhecemos sua ligação com o ballet quase que de “cara”. Isso porque, a postura da bailarina é notado à distância, e quando temos a oportunidade de conhecer alguma logo soltamos a pergunta: você é bailarina?
Geralmente o pescoço é mais alongado, o tronco possui uma postura ereta, que consideramos perfeita, e as pernas possuem um andar “diferente”. E essa diferença não é apenas coisa da nossa cabeça, ela acontece mesmo e tem um nome. No ballet esse andar é conhecido como “en deorhs”, do francês, que significa “voltado para fora”.
A técnica do ballet exige dos bailarinos um trabalho de movimentos, todos em um ângulo de 180º, e a prática constante desses movimentos faz com que o corpo adote essa postura também fora das aulas ou dos palcos. É como quando fazemos movimentos repetidas vezes e nosso corpo vai se acostumando tanto tornando-se automático.
Compartilhe

Deixe seu comentário